O reencontro | Arcturianos

Eu me encontrei;
No olhar daquela órfã;
No calor do abraço materno;
Na espera por aquele que nunca veio;
No silêncio do desconhecido.

Eu me encontrei;
Na beleza da juventude;
Na casta que me separava em grupos;
No desperdício do tempo;
Na inocência roubada;
No meu desamor.

Eu me encontrei;
Nos sonhos daqueles que dormem;
No castelo de ilusões erguido ao longo dos anos;
No amor daqueles que vieram através de mim;
Na pureza daquele anjo de cabelos negros;
Nos olhos que riem, quando me enxergam.

Eu me encontrei;
Na submissão doentia;
Na carência daqueles que não se aceitam;
Na escuridão dos dias;
Na minha própria cegueira.

Convicta que a vida é a mais bela prova de amor, eu me reencontrei.
Na consciência de quem sou;
No sentimento que cria;
Na sensibilidade que poetiza.
Na fé que sustenta; e
Sobretudo na DIVINDADE que em mim habita e, também, faz morada em ti.

O Reencontro - Poesia Vibracional

O Reencontro – Poesia Vibracional

Lysia Moreira

Lysia Moreira

Advogada e poetisa.
Lysia Moreira

Últimos posts por Lysia Moreira (exibir todos)

Quem compartilha também ajuda!