Jorge Barcellos | Arcturianos
Conexão duradoura com a Unidade

Conexão duradoura com a Unidade

Estar em conexão com a Unidade dentro de você requer prática.

Não acontece do dia para noite nem com o entendimento de que isso existe e é possível experimentar. Requer prática, determinação e paciência. É quase como uma filosofia de vida.

Uma vez iniciada, se faz necessário que seja aprofundada, porque, ao menor descuido, você pode voltar ao domínio mental e estacionar naquilo que já conquistou.

Sim, estacionar, porque retroceder é impossível.

Uma vez que você descobre sua dimensão infinita e imortal, não voltará mais totalmente ao domínio mental.

Isso significa que você já iniciou o processo de despertar, já tomou posse da única coisa que de fato lhe pertence neste mundo: a sua ligação com a Unidade. Tudo o mais você pode perder, mas essa ligação não, essa é eterna.

 

Conexão duradoura com a Unidade

 

Entretanto, mesmo sabendo disso, mesmo compreendendo seu papel no mundo físico, isso não significa que você já está experimentando-o.

A experiência do despertar é completamente diferente do conhecimento sobre o despertar.

Você pode tranquilamente falar muito sobre isso, escrever lindas palavras, ensinar aos outros determinados caminhos, discursar, debater, opinar, mas continuar sendo escravo do Ego e de suas artimanhas.

Despertará de verdade, no momento em que não precisar falar mais nada, apenas sentir.

No momento em que não precisará conceituar coisa alguma, pois todas as coisas já estarão maravilhosamente colocadas do jeito que são.

No momento em que o tempo não significar mais nada, já que você não se preocupará mais com isso.

Despertará no instante em que apenas Ser neste mundo o preencherá e nada mais.

Até chegar a essa etapa, muita oscilação pode acontecer. Muitas idas e vindas no processo. Visto que a etapa inicial quase sempre é preenchida com dúvidas, exigências, descrenças e medo.

E uma última coisa você nunca deve esquecer.

Não há como adiar. Se continuar pensando, sentindo e atuando na negatividade jamais conseguirá perceber seu Ser interior, pois sua Mente estará ocupada demais torturando-o e bloqueando totalmente a sua iluminação.

Conexão duradoura só existe com Paz, Amor, Gratidão e Felicidade, aqui e Agora.

De verdade, não em teoria.

A Zona da Mudança

A Zona da Mudança

Por meio de reflexões inspiradoras, Jorge Barcellos desenvolve um grande cenário sobre o autoconhecimento.

Muitas vertentes dessa experiência física são abordadas em seus textos.

Amor, Abundância, Despertar, Gratidão, Sucesso, medo, Vida, Silêncio, Mente, morte…e tantos outros assuntos pertinentes a uma melhoria substancial em nossas vidas.

A proposta central sempre busca o encontro com o Ser interior de cada pessoa.

Uma dimensão infinita e imortal que encontra-se disponível, ao alcance e tem poder de transformação total da existência.

Porém encontra-se, muitas vezes, bloqueado por inúmeros processos mentais que destoam completamente de seu propósito nesta experiência física, que é simplesmente de criar e amar.

Uma vez percebida, sentida, essa dimensão interior, nada poderá impedi-la de vir à tona e modificar completamente a sua experiência. Tudo o que precisa encontra-se aqui e Agora, ao seu alcance, para esta transformação.

Estas reflexões podem despertar em seu interior caminhos até então adormecidos.

Depende somente de você.

Saia da zona de conforto

A Zona da Mudança

A experiência humana é uma aventura. Desde o momento em que nasce até o dia em que se despede desta jornada você está em constante desafio. É assim. E é para ser assim.

Porque é somente através do desafio que sua percepção se amplia, se expande. Uma vez estagnado, não existe crescimento. Estagnação é igual à morte para qualquer tipo de expressão viva.

O curioso é que, em geral, a grande maioria das pessoas luta contra os desafios e busca incessantemente a segurança. Porém, a segurança não existe. Existem sim momentos de descanso.

No entanto, se descansar demais, logo a vida se encarregará de jogá-lo no turbilhão de acontecimentos, ou, como preferir, no Caos.

Por isso é muito importante você se acostumar a viver na Zona da Mudança. Pois é exatamente neste local de percepção que a sua vida realmente acontece, se desdobra, se expande.

Geralmente, as pessoas consideram esta zona extremamente desconfortável, pois ela é constituída basicamente por movimentos. De todos os tipos. É um local de total insegurança.

Mas será que insegurança é, de fato, uma coisa ruim? Será que a insegurança não é apenas um conceito estabelecido por sua Mente? É possível ser feliz aproveitando momentos de grandes mudanças?

A Zona da Mudança não lhe trará descanso, mas lhe trará vida, simplesmente porque a vida é Mudança.

Estagnação e suposta segurança são apenas percepções mentais, porque tudo ao seu redor: todos os eventos e pessoas, todas as circunstâncias, toda a matéria está em eterno movimento. Inclusive o seu corpo físico.

Portanto, não fuja da Mudança, acostume-se com ela. Não busque segurança, porque isso não existe.

Busque sabedoria, crescimento, entendimento, então qualquer tipo de Mudança em sua vida não será mais encarado com desespero, mas sim com coragem, tenacidade, expectativa. E alegria. Sim, alegria.

E uma vez que aprender a viver no aparente Caos, nada mais será Caos para você.