Esplendor de Luz | Arcturianos
Yoga, o que é e quais os seus benefícios para o corpo e a mente

Yoga, o que é e quais os seus benefícios para o corpo e a mente

Yoga significa controlar, unir. É um termo de origem sânscrita, uma língua presente na Índia, em especial na religião hinduísta.

Yoga é um conceito, uma filosofia, que trabalha corpo, mente e espírito, através de disciplinas tradicionais de quem a pratica.

 

Benefícios do Yoga e dos Asanas (Posturas) de Yoga

 

Yoga é relacionada ao budismo e ao hinduísmo, com práticas de exercícios e meditação para trabalhar a parte física e também a mente.

Existem diversos ramos do Yoga, como a raja-ioga, carma-ioga, jnana-ioga, bacti-ioga e hata-ioga, e cada uma delas possui ações e atividades diferentes para trabalhar com os indivíduos.

Yoga é uma filosofia de vida que tem sua origem na Índia, há mais de 5000 anos e atualmente é conhecido não apenas como uma filosofia de vida, mas também como sistema holístico que trabalha o corpo, mente e espírito ao mesmo tempo.

 

Existem diversos ramos do Yoga

 

A Yoga trabalha as emoções, ajuda as pessoas a agir de acordo com seus pensamentos e sentimentos, além de trazer um profundo relaxamento, concentração, tranquilidade mental, fortalecimento do corpo físico e o desenvolvimento da flexibilidade.

Benefícios do Yoga e dos Asanas (Posturas) de Yoga

 

A prática do Yoga nos beneficia de várias formas. Diversos aspectos e dimensões de nossas vidas podem ser enriquecidos e beneficiados pela prática persistente do Yoga e dos asanas (posturas) do Yoga.

Nosso sistema é uma ininterrupta mescla de corpo, mente e espírito.

 

Benefícios do Yoga e dos Asanas (Posturas) de Yoga

 

Qualquer irregularidade no corpo afeta a mente e, similarmente, o desconforto e a inquietude na mente se manifestam como males no corpo. O Yoga e seus asanas nos beneficiam, trazendo um equilíbrio harmonioso ao nosso sistema.

Fisicamente, as práticas nos beneficiam de diversas formas.

Além de melhorar a flexibilidade dos músculos e das juntas, também os fortalecem e melhoram a postura do corpo.

Os asanas, ou posturas, proporcionam uma massagem nos órgãos, ajudando a melhorar seu funcionamento.

Dessa forma, o Yoga e seus asanas também beneficiam o desempenho coordenado dos diversos sistemas do corpo – digestivo, endócrino, cardiovascular, nervoso, etc..

 

O Yoga cura diversas doenças crônicas

 

O Yoga cura diversas doenças crônicas, como pressão sanguínea alta/baixa, dor corporal crônica, diabetes, depressão, distúrbios do sono, etc., de forma simples e natural, e também melhora o sistema imunológico.

Um dia iniciado com a prática das asanas do Yoga nos mantém enérgicos, entusiasmados e renovados até o anoitecer.

Você já reparou em como o ritmo da respiração muda com a mudança das emoções/sentimentos?

Nossa respiração é rápida quando estamos raivosos, pesada quando tristes e leve e calma quando pacíficos. Assim como nossa mente influencia nossa respiração, a respiração e o Yoga influenciam a mente.

Com os pranaiamas (técnicas de respiração) ensinados no Yoga a mente se torna mais calma, pacífica e alerta, ajudando-nos a tomar melhores decisões. A concentração melhorada que resulta das práticas nos faz eficientes e competentes.

Através dessas práticas nós podemos eliminar o estresse que acumulamos, e assim experimentar os profundos benefícios do Yoga em nosso dia-a-dia.

 

Com os pranaiamas (técnicas de respiração) ensinados no Yoga a mente se torna mais calma

 

De forma extremamente sutil e espontânea, o Yoga e seus asanas nos fazem mais contentes e felizes. Eles expandem nossa esfera de pertencimento e, assim, melhoram nossos relacionamentos.

Os talentos inertes e a criatividade começam a florescer e nos tornamos harmoniosos com a natureza.

Eventualmente, isso nos leva à realização da paz e da alegria internas e infinitas, apesar de toda a dissonância que nos cerca.

 

Somos fortes, sadios e felizes.

O que é Prana? A força vital de toda a criação

O que é Prana? A força vital de toda a criação

Os ensinamentos védicos nos dizem que a respiração não consiste apenas de ar, mas ela é força vital, Prana, a energia orgânica que compõem as correntes do corpo sutil.

O corpo sutil é nosso corpo não-físico, que inclui a força vital do corpo, o intelecto, a mente e o ego.

O Prana é gerado dentro dos Chakras, os 7 centros de energia distribuídos ao longo da coluna vertebral.

A força vital de toda a criação, o Prana, faz com que a Terra gire em torno do Sol, e que a Luz orbite ao redor da Terra.

O Pranamovimenta o ar, a água, os nervos, as células de memória, e as marés oceânicas. É a base do pensamento e da consciência que habita dentro do corpo, e também a base de todas as criações.

A respiração consciente ajuda a acalmar a mente, para que nossos pensamentos possam entrar em harmonia com a intuição.

Bri Maya Tiwari, Caminho da Prática, pág. 28/29

O que é Prana?

Prana é a fonte de toda a energia no universo – são os átomos de luz que existem no Universo – e, como energia criadora universal é chamado de Grande Prana.

Todos nós vivemos de Prana, sem ele a vida na Terra não é possível, pois é o Prana que movimenta a luz no planeta.

O Prana está em toda a natureza, na água, no ar, na terra e no fogo – ele é parte da vida não visível, cuja vibração é puramente divina.

Ele entra em nosso organismo por meio dos raios solares, da água, da terra, das rochas e cristais, da respiração, das plantas e da alimentação (quando tiramos a alimentação pesada do organismo, o Prana é melhor aproveitado pelo corpo).

Esta energia sutil atua através de um mecanismo cujo ritmo é coincidente com o da respiração pulmonar.

Cada vez que inspiramos absorvemos Prana e, a cada expiração o distribuímos pelos vários órgãos do corpo sutil.

Os grandes centros de Prana são as glândulas e centros nervosos do corpo físico, bem como os respectivos centros de energia, os Chakras. As linhas de fluxo do Prana no duplo etérico formam um verdadeiro sistema de circulação, e é nele que se baseiam as técnicas do Yoga. Prana é a vida da vida, é a vida do Yoga e do Ayurveda (medicina indiana).

Prana também é a energia que circula pelo corpo e regula todas as funções corporais, é transformado em várias forças no corpo, e está envolvido em processos que garantem que vamos eliminar as coisas de que não precisamos mais.

Nessas forças ou cinco diferentes formas, cada Prana tem a sua própria função e área de ação no corpo, são diferentes correntes de energia chamadas Vayus (ventos), e cada um governa funções vitais no corpo – há uma relação direta entre bloqueios de energia nestes Vayus e doenças físicas.

Passamos grande parte de nossas vidas involuntariamente nos privando de oxigênio suficiente, e do Prana, a energia vital que acompanha uma boa respiração – e isso, é o que nos deixa em um estado energético e espiritual bastante empobrecido – por isso as práticas respiratórias dirigidas, reguladas e conscientes podem nutrir nosso espírito, ajudar a nos transformarmos e a curar-nos das feridas emocionais e espirituais – pois assim, extraímos uma quantidade maior de Prana que se armazena em nosso corpo e nos centros nervosos para ser utilizada quando for necessário.

Podemos armazenar Prana da mesma forma que os acumuladores armazenam eletricidade.

Mas… como gerar Prana através da respiração?

Os exercícios respiratórios para este controle são uma forma maravilhosa de aumentar a duração e a qualidade de nossa vida – os Pranayamas – exercícios de controle e extensão da respiração e, portanto, do Prana – eles são a tecnologia da respiração yogue, projetados para recolocar o fluxo respiratório em harmonia com os ritmos do universo.

Fontes: Baseado nos textos das apostilas dos Cursos de Formação em Yoga do Centro de Yoga Montanha Encantada Lílian e Joseph Le Page e do Curso de Formação da Maria Laura Packer.

Entenda o que é Prana

“O Prana alimenta o cérebro na medida em que controla o funcionamento do sistema nervoso.

Se você se sente estressado ou exausto com freqüência, talvez não esteja inalando prana suficiente.

Mas também pode ser que esteja desperdiçando seu Prana, seja por excesso de trabalho, ou porque deixa escapar passando muitas horas em frente ao computador ou à televisão, fica em lugares com ar condicionado ou usa micro-ondas.

Todas essas atividades esvaziam o prana.

Compare o cansaço que sente nessas situações, com a sensação energizante que tem quando fica em um lugar cheio de Prana– perto do mar, por exemplo.”

Swami Saradananda, Os Segredos da Respiração pág.40

Os 7 Chakras – Bloqueios e Tratamentos com alimentos e atitudes

Os 7 Chakras – Bloqueios e Tratamentos com alimentos e atitudes

 

No interior de cada ser humano existe uma rede de nervos e órgãos sensoriais que interpretam o mundo físico externo.

Ao mesmo tempo, dentro de cada um de nós existe um sistema sutil de canais (nadis) e centros de energia (chakras) que cuidam de nosso ser físico, mental, emocional e espiritual.

Na base da espinha, no osso triangular chamado sacro (as civilizações antigas sabiam que há algo de sagrado a respeito desse osso) reside a mais sutil energia espiritual, dormente na maioria de nós, chamada Kundalini.

 

A Realização do Si é o despertar desta energia através do canal central, atravessando cada um dos centros de energia e emergindo no topo da cabeça (a área do osso da fontanela) como uma suave “fonte” de frescor.

 

A palavra fontanela significa “pequena fonte” o que, novamente, mostra o antigo conhecimento sobre o fenômeno da Realização do Si.

Cada um dos sete chakras possui diversas qualidades espirituais.

Essas qualidades estão intactas dentro de nós, e, mesmo que elas não possam sempre se manifestar, elas jamais podem ser destruidas.

Quando a Kundalini é despertada essas qualidades começam a se manifestar espontaneamente e se expressam em nossas vidas. Assim, através da meditação regular, nós nos tornamos muito dinâmicos, criativos, confiantes e, ao mesmo tempo, muito humildes, amorosos e compassivos.

É um processo que começa a se desenvolver por si mesmo quando a Kundalini se eleva e começa a nutrir nossos chakras.

PRIMEIRO CHAKRA – MULADHARA

 

O primeiro chakra está situado abaixo do osso sacro, no qual reside a Kundalini, e seu principal aspecto é a inocência.

A inocência é a qualidade através da qual nós experimentamos a alegria pura da criança, sem as limitações de preconceitos ou condicionamentos.

 

A inocência nos dá dignidade, equilíbrio e um grande senso de direção e propósito de vida. Nada mais é do que simplicidade, pureza e regozijo.

 

É a sabedoria interior que está sempre presente nas crianças pequenas, e que fica, algumas vezes, oculta por nossos modernos estilos de vida.

É, porém, uma qualidade que existe eternamente dentro de nós e não pode ser destruída, aguardando manifestar-se como puro regozijo quando a Kundalini se eleva.

 

Significado de Muladhara: A Sustentação da Raiz; Mula: raiz; Dhara: sustentação

 

 

Cor: Vermelho

Pedras mais usadas: Turmalina Preta, Quartzo Fumê, Ônix, Hematita

Qualidades: Inocência, Sabedoria, Lealdade, Espontaneidade.

 

Bloqueios:

 

Diarreia, problemas relacionados com as partes duras do corpo (ossos, dentes, coluna), desequilíbrios relacionados aos intestinos, próstata, sangue, ânus e reto, pouca resistência física e psíquica, preocupação excessiva, insegurança, dificuldade para lidar com as exigências da vida, anseio constante por uma vida mais agradável e menos exigente, utilização constante de mecanismos de defesa (negação, minimização, racionalização, etc)

 

Tratamento com o elemento terra:

 

Andar ou sentar sobre a terra, a grama, cultivar a terra, fazer jardinagem, plantios, etc

 

Tratamento com os alimentos:

 

Evitar, em excesso, café, chocolate, carne vermelha, peixe e frutos do mar.

 

Tratamento com as atitudes:

 

Cultivar a inocência, a pureza e a humildade.

 

Conheça o Primeiro Chakra – Muladhara

Conheça o Segundo Chakra – Swadisthana

Conheça o Terceiro Chakra – Nabhi

Conheça o Quarto Chakra – Anahata

Conheça o Quinto Chakra – Vishuddhi

Conheça o Sexto Chakra – Agnya

Conheça o Sétimo Chakra – Sahastrada

Fontes: Sahaja YogaPranayamaSomos Todos Um